,

Remédio para Gota (Redução do Ácido Úrico)


Indicado para tratamento de artrite gotosa com seu efeito anti-inflamatório e analgésico, reduzindo sintomas de dor, febre e inflamação. Auxilia na prevenção de crises de gota ajudando a diminuir a produção de ácido úrico.

Apresentação: Frasco contendo 30 cápsulas gelatinosas

R$36,00

Simulação de frete

O Remédio para Gota (Redução do Ácido Úrico) auxilia no tratamento de artrite gotosa com seu efeito anti-inflamatório e analgésico, reduzindo sintomas de dor, febre e inflamação. Auxilia na prevenção de crises de gota ajudando a diminuir a produção de ácido úrico e outras condições associadas com o excesso de ácido úrico no corpo como pedras nos rins e certos tipos de doenças renais.

Na composição do Remédio para Gota (Redução do Ácido Úrico) encontramos:

ALOPURINOL – O Alopurinol se emprega para uso de gota e hiperuricemia. O Alopurinol e seu principal metabólito ativo, o oxipurinol (aloxantina), inibem a xantina oxidase que é a enzima que catalisa a conversão da hipoxantina em xantina e a conversão da xantina em ácido úrico; assim a síntese de ácido úrico se reduz, diminuindo os níveis plasmáticos e a excreção renal deste. A redução dos níveis de ácido úrico auxilia a mobilização dos depósitos de uratos dos tecidos. A síntese de purinas também é inibida. O Alopurinol impede o desenvolvimento ou a progressão da artrite gotosa crônica.

INDOMETACINA – Indometacina é um antiinflamatório não hormonal, analgésico e antipirético. Seu mecanismo de ação está relacionado à diminuição da produção de prostaglandinas, por inibição da cicloxigenase. O uso da Indometacina é indicado no tratamento de processos inflamatórios agudos e crônicos.

DICLOFENACO SÓDICO – O Diclofenaco Sódico pertence ao grupo farmacoterapêutico: anti-inflamatórios e antirreumáticos não-esteroidais derivados do ácido acético e substâncias relacionadas (código ATC: M01A B05). O diclofenaco sódico, substância não-esteroide, possui acentuadas propriedades antirreumática, anti-inflamatória, analgésica e antipirética. A inibição da biossíntese de prostaglandina, que foi demonstrada em experimentos, é considerada fundamental no seu mecanismo de ação. As prostaglandinas desempenham um importante papel na causa da inflamação, da dor e da febre. É indicado para o tratamento de formas degenerativas e inflamatórias de reumatismo: artrite reumatoide, artrite reumatoide juvenil, espondilite anquilosante, osteoartrite e espondilartrite, síndromes dolorosas da coluna vertebral, reumatismo não-articular; Crises agudas de gota; Inflamações pós-traumáticas.

 

 

  • Principais Indicações do Remédio para Gota (Redução do Ácido Úrico):
    • – Auxílio no tratamento de gota;
    • – Prevenção de crises de gota;
    • – Diminuição da produção de ácido úrico;
    • – Prevenção de pedras nos rins e certos tipos de doenças renais;
    • – Auxílio em processos inflamatórios de reumatismo, artrite, espondilite, osteoartrose.

 

  • Composição do Remédio para Gota (Redução do Ácido Úrico):

Modo de Usar o Remédio para Gota (Redução do Ácido Úrico): Uso oral – Tomar 1 cápsula ao dia.

Peso 29 g
Dimensões 8 × 5 × 5 cm

1-) Codigo: 4087

2-) Nome: Fórmula Anti-gota

3-) Descrição Indicado para tratamento de artrite gotosa

            3.1-) Apresentação: Frasco contendo 30 cápsulas gelatinosas

 

4-) Informações sobre o produto:

            4.1-) Para que serve?

A Fórmula Anti-gota auxilia no tratamento de artrite gotosa com seu efeito anti-inflamatório e analgésico, reduzindo sintomas de dor, febre e inflamação. Auxilia na prevenção de crises de gota ajudando a diminuir a produção de ácido úrico e outras condições associadas com o excesso de ácido úrico no corpo como pedras nos rins e certos tipos de doenças renais. Em sua composição, está presente:

 

ALOPURINOL – O Alopurinol se emprega para uso de gota e hiperuricemia. É bastante usado também para o tratamento de cálculos renais. O Alopurinol e seu principal metabólito ativo, o oxipurinol (aloxantina), inibem a xantina oxidase que é a enzima que catalisa a conversão da hipoxantina em xantina e a conversão da xantina em ácido úrico; assim a síntese de ácido úrico se reduz, diminuindo os níveis plasmáticos e a excreção renal deste. A redução dos níveis de ácido úrico auxilia a mobilização dos depósitos de uratos dos tecidos. A síntese de purinas também é inibida. Em baixas concentrações, o Alopurinol é um substrato e inibidor competitivo dessa enzima; em altas concentrações, atua como inibidor não-competitivo. O oxipurinol é um inibidor não-competitivo da enzima; a produção desse composto, associada à sua longa permanência nos tecidos, é responsável por grande parte da atividade farmacológica do Alopurinol. Na ausência de Alopurinol, o conteúdo urinário de purinas consiste quase unicamente em ácido úrico. Durante o tratamento com Alopurinol, as purinas urinárias dividem-se entre a hipoxantina, a xantina e o ácido úrico. Como cada um deles tem sua solubilidade independente, a concentração de ácido úrico no plasma é reduzida sem expor o trato urinário a uma sobrecarga excessiva de ácido úrico e à probabilidade de formação de cálculos. Ao reduzir a concentração plasmática de ácido úrico abaixo de seu limite de solubilidade, o Alopurinol facilita a dissolução dos tofos e impede o desenvolvimento ou a progressão da artrite gotosa crônica. A formação de cálculos de ácido úrico praticamente desaparece com a terapia, impedindo o desenvolvimento da nefropatia.

 

INDOMETACINA – Indometacina é um antiinflamatório não hormonal, analgésico e antipirético, derivado do ácido indolacético. Seu mecanismo de ação está relacionado à diminuição da produção de prostaglandinas, por inibição da cicloxigenase. O uso da Indometacina é indicado no tratamento de processos inflamatórios agudos e crônicos; Estados ativos de: artrite reumatoide, artrite reumatoide juvenil moderada a severa, osteartrite, artropatia degenerativa do quadril, espondilite anquilosante e artrite gotosa aguda; Distúrbios musculoesqueléticos agudos, como bursite, tendinite, sinovite, tenossinovite, capsulite do ombro, entorses e distensões; Lombalgia (comumente referida como lumbago), febre (como adjunto a curto prazo da terapia específica), inflamação, dor, trismo e edema após procedimentos odontológicos; Inflamação, dor e edema após procedimentos cirúrgicos ortopédicos e procedimentos não cirúrgicos associados com redução e imobilização de fraturas ou deslocamentos; Dor e sintomas associados da dismenorreia primária.

 

DICLOFENACO SÓDICO – O Diclofenaco Sódico pertence ao grupo farmacoterapêutico: anti-inflamatórios e antirreumáticos não-esteroidais derivados do ácido acético e substâncias relacionadas (código ATC: M01A B05). O diclofenaco sódico, substância não-esteroide, possui acentuadas propriedades antirreumática, anti-inflamatória, analgésica e antipirética. A inibição da biossíntese de prostaglandina, que foi demonstrada em experimentos, é considerada fundamental no seu mecanismo de ação. As prostaglandinas desempenham um importante papel na causa da inflamação, da dor e da febre. O diclofenaco sódico in vitro não suprime a biossíntese de proteoglicanos na cartilagem, em concentrações equivalentes às concentrações atingidas no homem. É indicado para o tratamento de formas degenerativas e inflamatórias de reumatismo: artrite reumatoide, artrite reumatoide juvenil, espondilite anquilosante, osteoartrite e espondilartrite, síndromes dolorosas da coluna vertebral, reumatismo não-articular; Crises agudas de gota; Inflamações pós-traumáticas e pós-operatórias dolorosas e edema, como por exemplo, após cirurgia dentária ou ortopédica; Condições inflamatórias e/ou dolorosas em ginecologia, como por exemplo, dismenorreia primária ou anexite; Como auxiliar no tratamento de processos infecciosos acompanhados de dor e inflamação de ouvido, nariz ou garganta, como por exemplo, faringoamigdalites, otites. De acordo com os princípios terapêuticos gerais, a doença de fundo deve ser tratada com a terapia básica adequadamente.

 

            4.2-) Principais Indicações?

  • – Auxílio no tratamento de gota;
  • – Prevenção de crises de gota;
  • – Diminuição da produção de ácido úrico;
  • – Prevenção de pedras nos rins e certos tipos de doenças renais;
  • – Auxílio em processos inflamatórios de reumatismo, artrite, espondilite, osteoartrose.

 

            4.3-) Contra Indicações?

Gravidez, lactação, crianças menores de 14 anos, úlcera gastroduodenal ativa, lesões gástricas recorrentes, pacientes com úlcera gástrica ou intestinal ativa, sangramento ou perfuração, insuficiência ou falência hepática, insuficiência ou falência renal, insuficiência cardíaca grave, hipersensibilidade a algum dos componentes da formulação. Este medicamento é contraindicado para uso concomitante a outros agentes anti-inflamatórios não esteroidais, e em pacientes nos quais o uso de ácido acetilsalicílico ou outros AINEs pode provocar asma, angioedema, urticária ou rinite aguda (isto é, reatividade cruzada induzida por AINE). O Alopurinol potencializa a atividade e aumenta a toxicidade de vários fármacos, entre alguns antibacterianos, anticoagulantes e antineoplásicos. A ingestão de indometacina após uma refeição implica em demora e redução dos seus níveis séricos máximos, mas as flutuações nos níveis são um tanto reduzidas. Não ingerir com álcool, pois o consumo de álcool durante o tratamento com agentes anti-inflamatórios não esteroides pode aumentar o risco de hemorragia gastrintestinal. Contudo, a venda é realizada sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

 

            4.4-) Referências Bibliográficas

  • – Literatura do Fornecedor
  • – Bulas disponibilizadas pela ANVISA

 

5-) Composição:

  • Alopurinol – 250mg
  • Indometacina – 50mg
  • Diclofenaco Sódico – 50mg
  • Excipiente qsp – 1 cápsula

6-) Modo de Usar: Uso oral – Tomar 1 cápsula ao dia.

7-) Validade: 6 meses

8 -) Advertências:

  1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
    2. Imagens meramente ilustrativas.
    3. É necessário uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
    4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
    5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
    6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Qualquer dúvida entre em contato com a Biopharma.
    7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
    8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
    9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
    10. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
    11. Este medicamento não pode ser partido ou mastigado.
    14. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
    15. “SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO”.

Perguntas e respostas

Ainda não há perguntas.

Faça uma pergunta

Sua pergunta será respondida pela loja ou por outro cliente.

Agradecemos sua pergunta!

Sua pergunta foi recebida e será respondida em breve.

Erro

Warning

Ocorreu um erro ao gravar sua pergunta. Entre em contato com o administrator do site. Informações adicionais:

Adicionar uma resposta

Agradecemos sua resposta!

Sua resposta foi recebida e será publicada em breve.

Erro

Warning

Ocorreu um erro ao gravar sua pergunta. Entre em contato com o administrator do site. Informações adicionais: