, , ,

Remédio Natural para Menopausa – Fitoterápico


Indicado para tratamento de casos de menopausa com uso dos fitoterápicos, diminuindo sintomas climatéricos melhorando a qualidade de vida da mulher.

Apresentação: Frasco contendo 60 cápsulas gelatinosas

R$71,00

Simulação de frete


O Remédio Natural para Menopausa – Fitoterápico foi desenvolvida para o tratamento da menopausa através da reposição hormonal de forma natural e eficaz com o uso de fitoterápicos, tendo a diminuição dos sintomas do climatéricos para melhor qualidade de vida da mulher

Na composição do Remédio Natural para Menopausa – Fitoterápico encontramos:

CIMICIFUGA – Utilizada principalmente para atenuar sintomas do climatéricos, a Cimicifuga diminui os sintomas da menopausa em 80%, ressecamento vaginal, palpitações, ansiedade, sudorese excessiva e oscilações do humor. Entre as principais ações estão à diminuição intensa dos fogachos, da ansiedade, da depressão, cefaléia, distúrbios do sono, vertigens e a melhora acentuada da atrofia vaginal. Há relatos de melhora global na qualidade de vida, bem-estar psíquico, sexualidade e relação conjugal, diminuindo os desconfortos do período pós-menopausa em mulheres de peso corporal elevado.

ISOFLAVONA – Consiste em um conjunto de substâncias naturais retiradas da soja, as maiores são as genisteína, daidezeína e glicisteína, as quais são consideradas fitoestrógenos, tendo atividade semelhante aos hormônios femininos, elas se convertem em uma forma mais fraca do estrógeno. Reduz a intensidade e a frequência das ondas súbitas de calor. Reduz também as alterações da pele, unhas, cabelo, e a secura vaginal.

Indicada como repositor hormonal, para o tratamento sintomático e prevenção de complicações da menopausa como doença cardíaca e osteoporose, câncer de mama e de útero, e endometriose. Sua estrutura química é semelhante ao estrógeno e por isso também é uma substância capaz de aliviar os efeitos da menopausa e da tensão pré-menstrual; atua na prevenção de doenças crônicas-degenerativas como o câncer de mama, de colo de útero e de próstata. As propriedades estrógenas também ajudam a reduzir outro problema causado pela deficiência hormonal, a osteoporose.

AMORA –  A amora é conhecida como regulador dos hormônios, por isso atua com bastante eficácia nos sintomas da menopausa como irritação, ansiedade, nervosismo, memória fraca, dores musculares e nas articulações. Previne e controlar os sintomas do climatério (fogachos).

DONG QUAI – Indicado para reposição hormonal, irritabilidade, fogachos, calorões, secura vaginal e ansiedade. Ajuda a manter o equilíbrio hormonal, além de fortalecer os órgãos e músculos internos, especialmente aqueles conectados ao canal de nascimento. Seu uso é indicado para tratar cólicas menstruais, perturbações funcionais da menopausa, tratamento da desidratação, lumbago, hipertonia e desordens nervosas. Prescrita para combater a TPM (tensão pré-menstrual), e para ajudar mulheres a regularizar o ciclo menstrual após o abandono das pílulas anticoncepcionais, Dong Quai tem sido útil para equilibrar e tratar diversos ciclos e sistemas como menstrual, pós-parto e menopausa. Alivia sintomas da menopausa, como secura vaginal e cólica. Também é utilizada como depurativo do sangue, para promover a circulação sanguínea e nutrir o sangue, em ambos os sexos. Tem alto conteúdo de ferro, que pode suprir o corpo com deficiências desse mineral, e aliviar a anemia.

RED CLOVER – É usado no alívio dos sintomas da menopausa, como ondas de calor e suores noturnos. Os quatro fitoestrogênios presentes no Red Clover possuem fraca atividade estrogênica no organismo, prevenindo contra osteoporose e diminuindo os sintomas vasomotores durante a menopausa. Ação vascular, com aumento da perfusão periférica e podendo auxiliar no controle da pressão arterial. Pelo teor de cumarinas, diminui a coagulabilidade sanguínea. O organismo da mulher possui dois tipos de receptores de estrogênio, os alfa (presente na mama e no útero) e os beta (encontrados nos ossos, no coração e sistema nervoso central). As isoflavonas do trevo se ligam com mais facilidade aos receptores beta, fortalecendo ossos e artérias; sendo assim reduz as chances da paciente desenvolver osteoporose e sofrer infartos. Além de eficaz, o trevo não provoca os efeitos colaterais relatados pelas mulheres que fazem terapia de reposição com hormônios sintéticos, tais como inchaço, secamento vaginal, náuseas e cefaléia.

 

  • Principais Indicações do Remédio Natural para Menopausa – Fitoterápico:
    • – Reposição hormonal natural;
    • Redução das ondas súbitas de calor;
    • – Melhora das oscilações de humor e ansiedade;
    • – Alívio em geral dos sintomas da menopausa (ressecamento vaginal, sudorese excessiva, dentre outras).

 

  • Composição do Remédio Natural para Menopausa – Fitoterápico:

 Modo de Usar o Remédio Natural para Menopausa – Fitoterápico: Uso oral – Tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia

 

Peso 57 g
Dimensões 10 × 5 × 5 cm

1-) Codigo: 4055

2-) Nome: Formula para Menopausa

3-) Descrição: Indicado para tratamento de casos de menopausa com uso dos fitoterápicos

            3.1-) Apresentação: Frasco contendo 60 cápsulas gelatinosas

 

4-) Informações sobre o produto:

            4.1-) Para que serve?

A Fórmula para Menopausa foi desenvolvida para o tratamento da menopausa através da reposição hormonal de forma natural e eficaz com o uso de fitoterápicos, tendo a diminuição dos sintomas do climatéricos para melhor qualidade de vida da mulher. Em sua rica composição, está presente:

 

CIMICIFUGA – Utilizada principalmente para atenuar sintomas do climatéricos, a Cimicifuga diminui os sintomas da menopausa em 80%, ressecamento vaginal, palpitações, ansiedade, sudorese excessiva e oscilações do humor. Entre as principais ações estão à diminuição intensa dos fogachos, da ansiedade, da depressão, cefaléia, distúrbios do sono, vertigens e a melhora acentuada da atrofia vaginal. Há relatos de melhora global na qualidade de vida, bem-estar psíquico, sexualidade e relação conjugal, diminuindo os desconfortos do período pós-menopausa em mulheres de peso corporal elevado. O mecanismo de ação parece envolver a presença de glicosídeos triterpênicos, alcaloides e ácidos aromáticos, sendo que tanto os glicosídeos do tipo cicloartano como as suas agliconas são ativos. O extrato etanólico apresenta ação agonista parcial em receptores opióides, o que poderia explicar a sua atividade nas ondas de calor. O extrato lipófilo apresenta efeitos antiproliferativo e pró-apoptótico, mas não estrogênicos em células MCF-7. Da Cimicifuga racemosa é obtido o extrato do qual 40 mg equivalem, em efeito, a 0,6 mg do conjugado hormonal estrogênico apresentando efeitos centrais sobre o hipotálamo e efeitos hormonais sobre a composição do epitélio vaginal e na descalcificação óssea. Esse extrato exerce também efeitos estrogênicos sobre o tecido adiposo, mas não sobre o útero, parecendo possuir na composição, moduladores seletivos para receptores estrogênicos. Em ensaio clínico controlado por placebo, realizado com 62 mulheres pós-menopáusicas, tanto o extrato de C. racemosa, como o conjugado estrogênico trouxeram benefícios para o metabolismo ósseo. O extrato de C. racemosa estimulou a atividade dos osteoblastos, enquanto o conjugado estrogênico apresentou inibição da atividade dos osteoclastos. Enquanto o conjugado estrogênico apresentou fortes efeitos sobre a mucosa vaginal, o extrato de C. racemosa apresentou fraca atividade estrogênica. A atividade protetora contra osteoporose do extrato de C. racemosa pode ser consequência de um heterosídeo triperpenoídico. Os osteoclastos ocupam lugar central na patogênese da osteoporose, uma vez que são eles os responsáveis pela reabsorção óssea, induzida por citocinas que estão normalmente aumentadas nestas condições.

 

ISOFLAVONA – Consiste em um conjunto de substâncias naturais retiradas da soja, as maiores são as genisteína, daidezeína e glicisteína, as quais são consideradas fitoestrógenos, tendo atividade semelhante aos hormônios femininos, elas se convertem em uma forma mais fraca do estrógeno. Reduz a intensidade e a frequência das ondas súbitas de calor. Reduz também as alterações da pele, unhas, cabelo, e a secura vaginal.

Indicada como repositor hormonal, para o tratamento sintomático e prevenção de complicações da menopausa como doença cardíaca e osteoporose, para tratamento do Mal de Alzheimer, câncer de mama e de útero, e endometriose. Apresenta propriedades imunoestimulantes e antioxidantes. As Isoflavonas de soja têm a capacidade de normalizar os níveis de estrógenos circulantes (altos ou baixos). Sua estrutura química é semelhante ao estrógeno e por isso também é uma substância capaz de aliviar os efeitos da menopausa e da tensão pré-menstrual; atua na prevenção de doenças crônicas-degenerativas como o câncer de mama, de colo de útero e de próstata. As propriedades estrógenas também ajudam a reduzir outro problema causado pela deficiência hormonal, a osteoporose. Isoflavona também é rica em saponinas, que são substâncias imunoestimulantes, e também é uma excelente fonte de ácido fítico, o qual se acredita quelar os íons férricos em excesso no organismo e prevenir a formação de radicais livres. Podem ser úteis também na redução das doenças do coração, endometrioses, disfunções das taxas colesterolêmicas.

 

AMORA –  A amora é conhecida como regulador dos hormônios, por isso atua com bastante eficácia nos sintomas da menopausa como irritação, ansiedade, nervosismo, memória fraca, dores musculares e nas articulações. As propriedades terapêuticas da M. nigra L. são: antiinflamatória, adstringente, antioxidante, cicatrizante, expectorante, emoliente, diurética e para outros fins como a reposição hormonal. Chá das folhas de amoreira (Morus nigra L), por exemplo, é utilizado para aliviar sintomas do climatério, o que pode estar relacionado à presença de constituintes flavonoídicos, especialmente as isoflavonas. As isoflavonas glicosiladas são hidrolisadas no intestino por glicosidases intestinais, liberando agliconas, como por exemplo, daidzeína, genisteína e gliciteína, que são formas biologicamente ativas e se comportam como estrógenos na maioria dos sistemas biológicos. Estudo clínico randomizado realizado com a participação de 10 indivíduos do sexo feminino com faixa etária entre 32 e 61 anos que faziam uso do chá de amoreira para prevenir ou controlar os sintomas do climatério, resultaram na confirmação da utilização do chá de M. nigra na terapêutica, apresentando um alto consenso de informação. Foram investigados a atividades anticândida in vitro dos extratos aquoso e metanólico dos frutos de M. nigra, coletados na região de Erzincan (Turquia), os resultados mostraram atividade antifúngica para C. albicans, C. parapsilosis, C.tropicalis e Geotricum candidum.

 

DONG QUAI – Indicado para reposição hormonal, irritabilidade, fogachos, calorões, secura vaginal e ansiedade. Angelica sinensis L. é uma espécie que cresce no território chinês, sendo conhecida neste país pelo nome de Dong Quai. A droga é constituída pela raiz, a qual é utilizada popularmente com várias finalidades: sedante, laxante, estimulante da circulação, diurética, antianemica e reguladora do ciclo menstrual. Dong Quai ajuda a manter o equilíbrio hormonal, além de fortalecer os órgãos e músculos internos, especialmente aqueles conectados ao canal de nascimento. Os princípios ativos de Dong Quai apresentam efeitos anti-inflamatórios, analgésicos, antissépticos, bactericidas, fungicidas, antialérgicos, antiespasmódicos, vasodilatadores e estimulantes imunológicos. Seu uso é indicado para tratar cólicas menstruais, perturbações funcionais da menopausa, tratamento da desidratação, lumbago, hipertonia e desordens nervosas. Esta erva atua primeiramente como tônico, especialmente para o aparelho reprodutivo feminino e para o fígado. Prescrita para combater a TPM (tensão pré-menstrual), e para ajudar mulheres a regularizar o ciclo menstrual após o abandono das pílulas anticoncepcionais, Dong Quai tem sido útil para equilibrar e tratar diversos ciclos e sistemas como menstrual, pós-parto e menopausa. Seus constituintes podem estimular o sistema nervoso central, o que alivia a fraqueza e as dores de cabeça associadas a desordens menstruais. Fortalece os órgãos reprodutivos, ajudando no tratamento de endometriose e dos sangramentos e hematomas internos. Alivia sintomas da menopausa, como secura vaginal e cólica. Também é utilizada como depurativo do sangue, para promover a circulação sanguínea e nutrir o sangue, em ambos os sexos. Tem alto conteúdo de ferro, que pode suprir o corpo com deficiências desse mineral, e aliviar a anemia. Estudos mostram que a planta pode normalizar a taxa de açúcar no sangue e abaixar a pressão sanguínea. Seu efeito levemente sedativo e calmante sobre os nervos permite tratar o estresse e a insônia. Tem efeito estimulante sobre o útero, durante o parto, e alivia a constipação e as enxaquecas.

 

RED CLOVER – É usado no alívio dos sintomas da menopausa, como ondas de calor e suores noturnos. Os quatro fitoestrogênios presentes no Red Clover possuem fraca atividade estrogênica no organismo, prevenindo contra osteoporose e diminuindo os sintomas vasomotores durante a menopausa. Ação vascular, com aumento da perfusão periférica e podendo auxiliar no controle da pressão arterial. Pelo teor de cumarinas, diminui a coagulabilidade sanguínea. O organismo da mulher possui dois tipos de receptores de estrogênio, os alfa (presente na mama e no útero) e os beta (encontrados nos ossos, no coração e sistema nervoso central). As isoflavonas do trevo se ligam com mais facilidade aos receptores beta, fortalecendo ossos e artérias; sendo assim reduz as chances da paciente desenvolver osteoporose e sofrer infartos. Além de eficaz, o trevo não provoca os efeitos colaterais relatados pelas mulheres que fazem terapia de reposição com hormônios sintéticos, tais como inchaço, secamento vaginal, náuseas e cefaléia. É constituída dos fitoestrógenos daidzeína, genisteína, além de formononetina e biochanina, que são dimetiladas no fígado e respectivamente, transformadas em daidzeína e genisteína.

 

 

            4.2-) Principais Indicações?

  • – Reposição hormonal natural;
  • – Redução das ondas súbitas de calor;
  • – Melhora das oscilações de humor e ansiedade;
  • – Alívio em geral dos sintomas da menopausa (ressecamento vaginal, sudorese excessiva, dentre outras).

 

            4.3-) Contra Indicações?

Gravidez normal e de risco, lactação, histórico de câncer de mama, hipersensibilidade a algum dos componentes contidos na fórmula; Não é recomendado para  mulheres com excesso de fluxo menstrual ou para pessoas que tomam agentes antiespessantes do sangue; Usar com cautela em indivíduos que fazem uso de anticoagulante, pois pode alterar a agregação plaquetária. Contudo, a venda é realizada sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

 

            4.4-) Referências Bibliográficas

  • – Literatura do Fornecedor
  • – BATISTUZZO J.A.de O. Formulário médico Farmacêutico 3ª ed. São Paulo: Pharmabooks Editora, 2006.

 

5-) Composição:

  • Cimicifuga – 80mg
  • Isoflavona – 80mg
  • Amora – 250mg
  • Dong Quai – 80mg
  • Red Clover –
  • Excipiente qsp – 1 cápsula

 

6-) Modo de Usar: Uso oral – Tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia

7-) Validade: 6 meses

8 -) Advertências:

  1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
    2. Imagens meramente ilustrativas.
    3. É necessário uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
    4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
    5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
    6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Qualquer dúvida entre em contato com a Biopharma.
    7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
    8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
    9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
    10. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
    11. Este medicamento não pode ser partido ou mastigado.
    14. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
    15. “SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO”.

Perguntas e respostas

Ainda não há perguntas.

Faça uma pergunta

Sua pergunta será respondida pela loja ou por outro cliente.

Agradecemos sua pergunta!

Mail

Sua pergunta foi recebida e será respondida em breve.

Erro

Warning

Ocorreu um erro ao gravar sua pergunta. Entre em contato com o administrator do site. Informações adicionais:

Adicionar uma resposta

Agradecemos sua resposta!

Mail

Sua resposta foi recebida e será publicada em breve.

Erro

Warning

Ocorreu um erro ao gravar sua pergunta. Entre em contato com o administrator do site. Informações adicionais: