, , ,

Gotas para Rinite e Sinusite


Indicado para melhora em casos de rinite e sinusite adulto e pediátrico com uso dos fitoterápicos

Apresentação: Frasco com cânula contendo 30ml de solução

R$21,00

Simulação de frete


R$47,00 por 2 item(s)

A fórmula Gotas para Rinite e Sinusite foi desenvolvida com ativos naturais que combatem diversos sintomas de doenças respiratórias como rinite, sinusite, bronquite, asma, tosse, resfriados, gripes pois possui propriedades descongestionantes e anti-inflamatórias, aliviando os pulmões, eliminando a mucosidade e diminui os sintomas da alergia.

Gotas para Rinite e Sinusite possui em sua composição:

  • TINTURA DE ALLIUM CEPAE: A tintura de Cebola ou como conhecida, Allium Cepa, tem ação antimicrobiana, redutor do colesterol, diurética, expectorante, antioxidante, antiinflamatória, antiagregante plaquetário, antialérgico, antitumoral e hipoglicemiante. É também eficaz contra rinite, bronquite, sinusite, asma, faringite, dores de garganta, inflamações, tosse, catarro e coceira no nariz.
  • TINTURA DE EUCALIPTO: Sua principal atividade é no aparelho respiratório em função do óleo essencial, que tem demonstrado, tanto por via oral como inalatória, atividade expectorante, fluidificante e antisséptica da secreção brônquica. Sendo assim, é usado basicamente para tratamento de afecções do trato respiratório. Tem atividade antibiótica comprovada – bactericida, fungicida, inseticida e anticáries.
  • TINTURA DE PRÓPOLIS: A ação farmacológica do Extrato de Própolis deve-se em grande parte à presença dos ácidos fenólicos e derivados. Vários ensaios biológicos destacam as propriedades da própolis como anti-inflamatória, bactericida, fungicida, hepatoprotetora, cicatrizante, anti-úlcera, anti-cárie e anestésica, antivirótica, antiprotozoário, cicatrizante e regeneração de tecidos, antissépticas e hipotensivas, estimuladora do sistema imunológico, ação inibidora na multiplicação de células tumorais.
  • TINTURA DE CÚRCUMA: Conhecida também como açafrão-da-terra a cúrcuma é um potente fitoterápico anti-inflamatório que ajuda a aliviar os sintomas de inflamação e minimizar o inchaço e a irritação causados pela rinite alérgica. A planta é rica em curcuminoides que são substâncias anti-inflamatórias e que aumenta a imunidade, o que torna o organismo mais resistente às alergias respiratória.

Principais Indicações da Gotas Rinite e Sinusite: 

    • – Melhora da rinite e sinusite;
    • – Melhora de inflamações;
    • – Melhora de bronquite e asma;
    • – Melhora da tosse e catarro;
    • – Ação expectorante;
    • – Diminuição da coriza.

Composição:

    • Tintura de Allium Cepae – 20%
    • Tintura de Eucalipto – 30%
    • Tintura de Curcuma – 30%
    • Tintura de Propolis – 20%
    • Sucralose – qs

Modo de Usar: Uso Oral – ADULTO: Tomar 3ml 3 vezes ao dia em 30 a 50ml de água. PEDIÁTRICO: Tomar 10 gotas por kilo 3 vezes ao dia.

Peso 80 g
Dimensões 11 × 5 × 5 cm

1-) Codigo:4358

2-) Nome: Gotas para Rinite e Sinusite

3-) Descrição: Indicado para melhora em casos de rinite e sinusite adulto e pediátrico com uso dos fitoterápicos

            3.1-) Apresentação: Frasco com cânula contendo 30ml de solução

 

4-) Informações sobre o produto:

            4.1-) Para que serve?

A fórmula Gotas para Rinite e Sinusite foi desenvolvida com ativos naturais que combatem diversos sintomas de doenças respiratórias como rinite, sinusite, bronquite, asma, tosse, resfriados, gripes, pois possui propriedades descongestionantes e anti-inflamatórias, aliviando os pulmões, eliminando a mucosidade e diminui os sintomas da alergia. Em sua composição, está presente:

 

TINTURA DE ALLIUM CEPAE – Planta da família das Alliaceas. Planta bienal ou perene, da mesma família do alho, com altura de até 120 cm, folhas cilíndricas ovaladas, aromáticas, agrupadas de 04 a 06, de cor verde escuro, além de bulbo comestível de até 10 cm de diâmetro, composto por capas superpostas e uma base comum. Apresenta flores esbranquiçadas, pequenas, em grupos, que aparecem no final do verão. É originária da Ásia (sudoeste da Índia, Afeganistão e Irã), tendo atualmente uma distribuição cosmopolita. Os países com maiores cultivos são a China, Índia, Estados Unidos, Japão, antiga URSS e Espanha. Cultivada em solos profundos e ricos em minerais; O uso da cebola (como alimento ou como medicamento) é muito antigo. Mencionada em escritos sumérios, egípcios, chineses e gregos. Citada em papiros e pelo historiador Heródoto, juntamente com o alho, como alimentos de primeira ordem na nutrição dos escravos que construíram as pirâmides. Usos terapêuticos: Anti-microbiano, redutor do colesterol, diurético, expectorante, anti-oxidante, antiinflamatório, anti-agregante plaquetário, anti-alérgico, anti-tumoral e hipoglicemiante. É também eficaz contra rinite, bronquite, sinusite, asma, faringite, dores de garganta, inflamações, tosse, catarro e coceira no nariz.

 

TINTURA DE EUCALIPTO – Árvore de grande porte pode ultrapassar os 40m de altura. Tronco retorcido, liso de casca cinzento-prateada que se solta facilmente. Com folhas coriáceas, opostas, de dois tipos morfológicos diferentes, as dos ramos jovens são azuladas, largas e peltadas, porém as dos ramos maduros são mais estreitas, lanceoladas ou em forma de foice. As flores solitárias nascem no pecíolo que é muito curto. O fruto é uma cápsula angulosa de cálice muito desenvolvido, persistente, fechado, com várias sementes miúdas. É indicado para afecções das vias respiratórias: gripes, bronquites, asma, tosse, catarro. Doenças reumáticas; antisséptico e repelente de insetos. Sua principal atividade é no aparelho respiratório em função do óleo essencial, que tem demonstrado, tanto por via oral como inalatória, atividade expectorante, fluidificante e antisséptica da secreção brônquica. Sendo assim, é usado basicamente para tratamento de afecções do trato respiratório. Tem atividade antibiótica comprovada – bactericida, fungicida, inseticida e anticáries. Age no tratamento de feridas e pele. Outras ações importantes derivam do seu poder antioxidante e hipoglicemiante (folhas).

 

TINTURA DE CURCUMA – Planta originária do sudoeste asiático, utilizam-se as raízes (rizomas) secas e maceradas. Faz parte da Família das Zingiberaceae, é uma erva pungente, amarga, adstringente, com cheiro característico e forte cor amarela. Usada desde a Antiguidade para tingir de amarelo, vem sendo utilizada na indústria alimentícia como corante e como objeto de estudos por sua capacidade de induzir apoptose que é uma espécie de morte celular programada, induzida por algumas substâncias utilizadas nas terapias antitumorais. Entre essas substâncias encontram-se também a curcumina, um pigmento amarelo, contido na planta da Curcuma Longa. É indicada para Artrite; psoríase (administração tópica); preventivo de doenças neuro-degenerativos (Alzheimer, demência, Parkinson); anti-carcinogênico; distúrbios cardiovasculares: prevenção de isquemia miocárdica, diabetes, hiperlipidemia; distúrbios gastrintestinais: prevenção da remissão de colite ulcerativa, tratamento de úlcera e dispepsia; tratamento de litíase. Estudos in vivo realizados em ratas revelaram uma ação colerética e proteção hepática, através da estimulação da secreção da bílis, acompanhado de maior liberação de colesterol e melhora da digestão e do apetite; é usada também no tratamento de cálculo biliar, da icterícia e outras disfunções hepáticas. O óleo essencial apresentou também, atividade antihistamínica e antimicrobiana, contra bactérias gram-negativas, alguns fungos patogênicos e germes envolvidos em colecistites. Também é utilizado como antiflatulento, diurético, afrodisíaco e antiparasitário. A curcumina atua através da elevação da enzima glutation-S-transferase hepática, a qual participa na desativação e eliminação de peróxidos lipídicos e indutores tumorais. Isso contribui para a atividade inibitória sobre degradações de cromatina e fragmentações de DNA com diminuição da expressão do NF-kappa B e aumento da expressão da caspase-3. Por outro lado, a atividade inibitória da curcumina sobre a enzima COX2 e na síntese do óxido nítrico, estaria relacionada com um bloqueio exercido sobre o fator nuclear NF-kappa B, isto indica a estreita relação que existe entre os processos inflamatórios e tumorais. Muito utilizado como expectorante, para gripes, renites, sinusites e resfriados aliviando os pulmões e eliminando a mucosidade e diminuindo os sintomas da alergia. É considerado um analgésico natural.

 

TINTURA DE PROPOLIS – A própolis brasileira possui ácidos fenólicos prenilados, lignanas, terpenos e álcoois terpênicos e pequenas quantidades de flavonóides. Foram identificados pelo menos 29 tipos diferentes de princípio ativo na própolis brasileira. Nas últimas quatro décadas foi intensificado o interesse dos pesquisadores em estudá-la. Encontra-se na literatura um grande número de publicações, sobre a sua composição química, atividades biológicas e farmacológicas. A própolis bruta encontra-se no estado sólido, sendo dura a 15°C e maleável a partir dos 30°C. Suas propriedades físicas, como cor, odor e faixa de fusão (60° – 70°C) variam de uma amostra para outra. Devido à grande diversidade de espécies vegetais brasileiras visitadas pelas abelhas, ocorre uma elevada variação de seus princípios ativos. Sua composição química é extremamente complexa. A elevada variedade de princípios ativos tem gerado uma grande preferência internacional, não só para fins comerciais, mas também na área científica. Entende-se por Própolis o produto oriundo de substâncias resinosas, gomosas e balsâmicas, colhidas pelas abelhas, de brotos, flores e exsudados de plantas, nas quais as abelhas acrescentam secreções salivares, cera e pólen para elaboração final do produto. É constituída de resinas vegetais, cera de abelha, pólen e óleos essenciais. O extrato de Própolis comum ou marrom que possuímos em nosso portifólio é diferente da espécie comumente conhecida como própolis verde e quando associada à presença da planta Baccharis dracunculifolia, conhecida como alecrim do campo, no ambiente próximo a colmeia produtora, há geração da própolis de coloração esverdeada, o que caracteriza o produto. A ação farmacológica da própolis deve-se em grande parte à presença dos ácidos fenólicos e derivados. Vários ensaios biológicos destacam as propriedades da própolis como antiinflamatória, bactericida, fungicida, hepatoprotetora, cicatrizante, anti-úlcera, anti-cárie e anestésica, antivirótica, antiprotozoário, cicatrizante e regeneração de tecidos, antissépticas e hipotensivas, estimuladora do sistema imunológico, ação inibidora na multiplicação de células tumorais.

 

            4.2-) Principais Indicações?

  • – Melhora da rinite e sinusite;
  • – Melhora de inflamações;
  • – Melhora de bronquite e asma;
  • – Melhora da tosse e catarro;
  • – Ação expectorante;
  • – Diminuição da coriza.

 

            4.3-) Contra Indicações?

Gravidez e lactação, crianças menores de 3 anos, pacientes com história de hipersensibilidade ao eugenol; portadores de doenças inflamatórias do trato gastrointestinal; portadores de doenças inflamatórias dos dutos biliares, cálculos biliares, ducto biliar obstruído, icterícia obstrutiva ou doenças hepáticas graves, indivíduos com sangramento ativo (ex. úlcera péptica, sangramento intracranial), hipersensibilidade a algum dos componentes contidos na fórmula. A Cúrcuma pode inibir a agregação plaquetária, devendo ser utilizada com precaução em determinados indivíduos. Contudo, a venda é realizada sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

 

            4.4-) Referências Bibliográficas (se houver)?

  • – Literatura do Fornecedor.
  • – “Tratado de fitomedicina – bases clínicas e farmacológicas” Dr. Jorge R. Alonso – editora Isis . 1998 – Buenos Aires – Argentina.
  • – BATISTUZZO J.A.de O. Formulário médico Farmacêutico 3ª ed. São Paulo: Pharmabooks Editora, 2006.

 

5-) Composição:

  • Tintura de Allium Cepae
  • Tintura de Eucalipto
  • Tintura de Curcuma
  • Tintura de Propolis
  • Sucralose – qs

6-) Modo de Usar: Uso Oral – ADULTO: Tomar 3ml 3 vezes ao dia em 30 a 50ml de água. PEDIÁTRICO: Tomar 10 gotas por kilo 3 vezes ao dia.

7-) Validade: 6 meses

8 -) Advertências:

  1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
    2. Imagens meramente ilustrativas.
    3. É necessário uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
    4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
    5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
    6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Qualquer dúvida entre em contato com a Biopharma.
    7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
    8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
    9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
    10. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
    11. Este medicamento não pode ser partido ou mastigado.
    14. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
    15. “SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO”.

 

0.0 nota
0
0
0
0
0

Seja o primeiro a avaliar “Gotas para Rinite e Sinusite”

Ainda não há avaliações

Perguntas e respostas

Ainda não há perguntas.

Faça uma pergunta

Sua pergunta será respondida pela loja ou por outro cliente.

Agradecemos sua pergunta!

Mail

Sua pergunta foi recebida e será respondida em breve.

Erro

Warning

Ocorreu um erro ao gravar sua pergunta. Entre em contato com o administrator do site. Informações adicionais:

Adicionar uma resposta

Agradecemos sua resposta!

Mail

Sua resposta foi recebida e será publicada em breve.

Erro

Warning

Ocorreu um erro ao gravar sua pergunta. Entre em contato com o administrator do site. Informações adicionais: